Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

29.04'09 - RTL Punkt 12 // Tradução

 

 

A loucura sobre as perseguições em volta dos Tokio Hotel está a ficar ainda mais perigosa. As sinistras e extremas fãs francesas estão aparentemente a mudar os factos e a tentar proibir juridicamente o guitarrista Tom Kaulitz de se aproximarem DELAS. Supostamente, estão com medo de outros ataques depois daquele em que Tom, alegadamente, esbofeteou uma rapariga na cara. É assim que estão as coisas. Aos olhos de muitos fãs dos Tokio Hotel, esta asafama ainda está no início. Eles declararam "guerra" ao gang de raparigas fracesas. O que a banda tem a dizer sobre tudo isto - Garet Obermann fala sobre a guerra dos fãs em volta dos Tokio Hotel.

Garet Obermann: Agora são os fãs que estão prestes a começar uma perseguição. Bill e Tom Kaulitz estão a ter uma enorme protecção e ajuda dos seus seguidores que poderá estar fora do seu controlo. O gang de raparigas francesas, que se auto-denominam "Les Afhganes on Tour", tem vindo a ser o objecto de ódio na Internet.

Alex Gernandt: Este é mais um dos resultados deste escandalo todo. E não podemos esperar que ninguém saia magoado disto.
Garet Obermann: As fãs fãs extremas estão a ser chamadas de "as mais desejadas" em diferentes fóruns dos Tokio Hotel. Também "a vingança é doce" e "nós vamos apanhar-vos!". Esta fã dos Tokio Hotel diz numa mensagem de video dos Estados Unidos. "Queremos ir para a Alemanha e queremos fazer essas c***** viver o verdadeiro inferno.

Garet Obermann:
Mas as raparigas francesas não param. E o mais inacreditável - elas estão a mudar as culpas, da sua parte, estão a pedir a proibição de serem contactadas, como se não fossem elas que estiveram a chatear os Tokio Hotel, mas sim outras que andam por aí.
Burkhard Benecken: Temos preparada uma queixa legar de acordo com a "Protecção contra os Actos de Violência". Nele insistimos que Tom está proibido de se aproximar da minha cliente Perrine.

Garet Obermann: Parece que o facto de que foram as suas clientes que molestaram o Tom e o Bill em particular, está fora de assunto. O murro que o Tom supostamente deu na bomba de gasolina ou os ataques que as fãs extremas fizeram à mãe de Tom, têm outra versão da parte do advogado.
Burkhard Benecken: Naturalmente, que aí houve uma confusão. Mas isso não têm nada a ver. Pessoas como essas precisam de levar as coisas mais naturalmente do que as pessoas anónimas. É necessário esclarecer algumas coisas.

Garet Obermann:
Agora, Bill e Tom já comentaram esta situação. Na "Bravo", Bill diz "Estamos quase habituados a ser constantemente perseguidos por stalkers agora. Mas quando a nossa família é atacada, o assunto passa das marcas. Isto já não é uma mera brincadeira!"
Alex Gernandt: O Bill e o Tom já passaram o caso para o seu advogado e está a trabalhar nisso. Acho que eles vão apresentar algo para que não se aproximem mais deles. Mas mesmo assim, não está claro que eles vão conseguir.

Garet Obermann: De acordo com o advogado das fãs francesas, houve uma tentativa de clarificação. As raparigas deveriam concordar em retirar as queixas contra o Tom Kaulitz e a sua mãe e os Tokio Hotel retirariam as queixas contra as suas perseguições. De acordo com Benecken, as suas clientes recusaram a proposta. Pediram 10.000€ de indeminização, que querem doar à caridade, para chegar a vitimas de violência. Bem... enfim!

traduzido por / translated by: aniinhas - THF Portugal

publicado por TH Online às 15:55
link do post | comentar | favorito
 

Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Arquivo

Maio 2009

Abril 2009